Química dos Eletrônicos

Todos sabemos que existem Elementos Químicos dentro dos eletrônicos, mas dificilmente sabemos localizá-los ou ainda entender o risco que corremos ao sermos expostos á esses elementos.


Pensando nisso reunimos uma lista com os 16 principais Elementos Químicos presentes na maioria dos eletrônicos, listando ainda seus possíveis efeitos no corpo humano:

Antimônio – Encontrado em dispositivos semicondutores, revestimentos de cabos e baterias; pode causar febre, vômitos, cólicas abdominais e bronquite.


Arsênio – Encontrado em lâmpadas, celulares, sensores e termostatos; pode causar dor abdominal, câimbras, formigamento nas extremidades e fraqueza.


Berílio – Encontrado em ligas metálicas, equipamentos de raio-X e conectores; pode causar febre, calafrios, lesões pulmonares e tosse dolorosa.


Bismuto – Encontrado em imãs, fibras acrílicas, soldas e cosméticos; pode causar náusea, febre, diarreia, fraqueza geral e perda de apetite.


Cádmio – Encontrado em baterias, corantes em plástico e circuitos eletrônicos; pode causar dores reumáticas, distúrbios metabólicos e problemas pulmonares.


Chumbo – Encontrado em soldas de circuitos presente em todos os eletrônicos; pode causar irritabilidade, lentidão no raciocínio, alucinação, insônia e tremores musculares.


Cobalto – Encontrado em ligas metálicas, imãs, tintas, eletrodos e cabos de aço pneumáticos; pode causar asma brônquica, hemorragia dos pulmões, vômito, diarreia e dermatite alérgica.


Cromo – Encontrado em ligas metálicas, pigmentos e aço inoxidável; pode causar edema de pele, conjuntivite, perda de apetite, sede intensa, dor abdominal, vertigem e dermatite.


Estanho – Encontrado em ligas metálicas, soldas, fusíveis, molas e tubos; pode causar Alzheimer, hemorragia cerebral, vômito, diarreia, dor abdominal, dor de cabeça e irritações.


Germânio – Encontrado em lâmpadas fluorescentes, fibra óptica, ligas metálicas e fabricação de diodos; pode causar insuficiência renal, anemia, fraqueza muscular e problemas nervosos.


Lítio – Encontrado em baterias, aplicações aeroespaciais, vidrarias e soldas; pode causar vômito, diarreia, arritmia cardíaca, hipotensão e alteração no sistema nervoso.


Mercúrio – Encontrado em lâmpadas, celulares, sensores e termostatos; pode causar problemas estomacais, renais e neurológicos e alterações genéticas no metabolismo.


Níquel – Encontrado em aço inoxidável, ligas não metálicas, pilhas recarregáveis e baterias; pode causar pneumonia, conjuntivite, asma, rinite crônica, sinusite nasal e edema pulmonar.


Selênio – Encontrado em células fotovoltaicas, inseticida, vidros e esmaltes; pode causar cegueira, anorexia, tremedeira, arritmia cardíaca, edema pulmonar e hipertermia.


Vanádio – Encontrado em imãs, supercondutores, reatores nucleares, aços, eixos de rodas e engrenagens; pode causar rinite, faringite, bronquite, tosse crônica, respiração ofegante, fadiga, dor de cabeça, sudorese, fraqueza generalizada e danos renais.


Zinco – Encontrado em lâmpadas, celulares, sensores e termostatos; pode causar vômitos, diarreias, problemas pulmonares, dores abdominais, cansaço, ulcerações e anemia.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon

Rua Mafalda, 997 - Chácara Belenzinho - São Paulo-SP

CEP: 03377-010

Telefone: (11) 2640-3810 / (11) 4327-2428 / (11) 2691-0344

inac@inac.org.br

Rua 04, Quadra 13, Lote 12, nº 534 - Chácaras de Inoã- Maricá-RJ

CEP: 24941-620

Telefone: (21) 2182-3938

inac-marica@inac.org.br